sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Adeus/Até logo


Confesso que nunca fui boa com despedidas, dizer tchau, adeus ou ate logo sempre me causa um enorme nó na garganta. São raras as vezes que eu não choro quando o tempo acaba. E dessa vez não foi diferente, ops, foi sim. Eu não quis curtir os últimos instantes, simplesmente por que te dizer tchau, é como arrancar uma parte de mim. Eu te mandei embora, briguei, mas quando você virou as costas eu chorei, me desmanchei em chorar.
Dizem que ao longo da nossa vida a gente aprende a lidar com a distancia, mas mesmo não sendo uma menininha esse ainda é o meu ponto fraco.
Nesses dias que passaram eu te evitei, evitei por que não consigo lidar com isso que estamos vivendo, é melhor manter a distancia do contato também, das noticias. e das palavras bonitas, ah, vai, você sabe melhor do que ninguém que assim é melhor, cada um no seu quadrado.
Bom, é isso que eu não consegui te falar ontem, mas você sabe o que se passa no meu coração, sabe né? Se não tiveres nada de muito importante para fazer, escuta aquela musica do Nando Reis, eu sei que você não gosta muito, mas então leia a letra, ela é um complemento das minhas palavras. -N